Inbound marketing

Inbound marketing são estratégias que têm o propósito de atrair, converter e encantar o público de uma marca. Suas ações são diferentes do marketing tradicional, pois conseguem impactar os consumidores nos momentos mais adequados.

Antigamente, o marketing se baseava em interrupções, ou seja, as empresas chamavam a atenção das pessoas interrompendo-as durante seus afazeres do dia a dia.

Além de interromper, geralmente, as soluções não eram exatamente aquilo que anunciavam, deixando muito a desejar. 

Para piorar, o consumidor não podia fazer muito para correr atrás dos seus direitos, mas tudo isso mudou.

A transformação digital e a era da informação mudaram o comportamento das pessoas, que estão muito mais exigentes e bem informadas. Por conta disso, as empresas precisam investir em maneiras diferentes de atrair o cliente.

As marcas do mundo todo compreenderam a necessidade de entregar valor, não apenas com os seus produtos e serviços, mas também em todo o processo de comunicação com o público.

As estratégias de atração ganharam força e o inbound marketing surge como a mais importante de todas. Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar seu conceito e mostrar alguns motivos para investir nessa estratégia.

O que é inbound marketing?

Inbound marketing são estratégias usadas para criar e compartilhar conteúdos de valor com o público, e ajudam a marca a conquistar a permissão para se comunicar com o potencial cliente e construir um relacionamento com ele.

São ações em que os clientes vão até a empresa e se sentem atraídos por sua mensagem. Dessa forma, a companhia pode apresentar seus produtos e serviços e transformar prospects em clientes.

Também conhecido como marketing de atração, um fabricante de viga de ferro armado usa suas estratégias para atrair as pessoas ao invés de interrompê-las. 

Para funcionar, esse tipo de marketing atua em 4 etapas, sendo elas:

  • Atrair;
  • Converter;
  • Vender;
  • Encantar.

Na primeira etapa, o objetivo da empresa é atrair tráfego qualificado para seus canais digitais, fazendo com que os visitantes percebam o valor de seus conteúdos.

Durante a conversão, o objetivo é atrair uma grande quantidade de visitas e transformá-las em oportunidades de vendas.

Depois de nutrir os leads, gerados por meio de conteúdo relevante, a companhia deve avançá-los no funil de vendas para que se tornem clientes.

Por fim, depois da compra, a marca começa uma nova jornada com seus novos clientes para fidelizá-los e fazer com que comprem mais vezes.

Principais estratégias de inbound marketing

Para escolher as estratégias de inbound marketing que seu negócio vai usar, é necessário considerar as características da persona e os objetivos da empresa. De modo geral, as ações mais comuns são:

Criação de conteúdo

O marketing de conteúdo é uma das principais estratégias de Inbound, e consiste na criação de materiais ricos e relevantes, em diferentes formatos, falando sobre assuntos do interesse do público.

Por exemplo, um fabricante de ar-condicionado pode dar dicas sobre climatização de ambientes comerciais, e esse conteúdo pode ser um texto, vídeo, imagem, infográfico, dentre outras possibilidades.

Criar conteúdo de valor é importante para aumentar a visibilidade da marca, construir a autoridade do negócio em determinado assunto, atrair os visitantes, melhorar as estratégias de otimização e aumentar a credibilidade.

SEO

SEO é uma sigla para Search Engine Optimization, que em português pode ser traduzido como otimização para mecanismos de busca.

São estratégias que têm como objetivo otimizar as páginas de um site para que elas apareçam entre os primeiros resultados de pesquisa.

Consequentemente, a organização aumenta o tráfego orgânico, traz mais visibilidade para a marca e gera autoridade para seu domínio.

E-mail marketing

O e-mail marketing é uma ação que ajuda a empresa a manter contato direto com o seu cliente, o que aumenta a confiança e a percepção de autoridade.

Uma empresa de rastreamento de veículos envia seus e-mails para contatos que preencheram o formulário no site por alguma razão.

São pessoas que desejam receber conteúdos, fazer orçamento ou simplesmente esclarecer uma dúvida. Mas, independentemente de qual seja a finalidade, é fundamental usar uma ferramenta de automação.

Construir uma landing page

A landing page é uma página exclusiva para conversões, podendo ser usada para entregar materiais ou para que o visitante solicite um contato comercial.

Para funcionar, ela precisa reunir argumentos que convençam o lead, conter um formulário para coletar suas informações e usar uma chamada convincente.

Usar as redes sociais

As redes sociais possuem papel estratégico dentro do inbound marketing, pois servem para compartilhar os conteúdos do blog e expandir o alcance desses materiais.

Cada plataforma possui suas particularidades, portanto, a empresa precisa se adequar a isso. Por exemplo, no Instagram, uma papelaria deve divulgar imagens de seus produtos, como no caso de uma pasta para documentos personalizada.

Já no Facebook, pode compartilhar os artigos de seu blog e compartilhar o material diretamente no LinkedIn.

Por que investir em inbound marketing?

Diante das grandes diferenças entre inbound marketing e marketing tradicional, alguns gestores e empreendedores se perguntam se realmente vale a pena investir nessa estratégia.

O fato é que atrair potenciais clientes por meio de conteúdos relevantes traz muitos benefícios para a marca, independentemente de seu porte ou segmento.

As estratégias antigas têm algumas deficiências que foram corrigidas no marketing de atração, e dentre as principais vantagens trazidas por ele estão:

1.    Melhora a relação com os clientes

Inbound marketing são estratégias também conhecidas como marketing de atração porque oferece conteúdos que ajudam a persona, portanto, não pensa simplesmente em empurrar a solução a qualquer custo.

É justamente por isso que o público se torna mais aberto para ouvir o que a marca tem a dizer e encontra materiais focados em suas necessidades.

Ao trabalhar com ele, uma empresa de colocação de drywall no teto passa a utilizar uma comunicação aberta, com base em interações constantes.

Isso é importante para saber a opinião e ver a reação do público em relação aos conteúdos criados, e os feedbacks gerados ajudam a melhorar constantemente as estratégias.

2.    Redução do ciclo de vendas

O ciclo de vendas é o tempo que a empresa gasta para fechar uma venda, desde o momento em que o cliente descobre a marca.

Quanto mais tempo a organização leva para converter os prospects em clientes, maior é o ciclo, o que aumenta os gastos necessários durante esse processo. Nesse contexto, é necessário considerar os efeitos das estratégias no ciclo de vendas.

O inbound marketing é capaz de reduzir o tempo necessário para efetivar uma compra, o que acontece por meio de conteúdo relevante e personalizado, que acelera a movimentação dos leads no funil de vendas.

Em outras palavras, quando uma pessoa lê um conteúdo sobre piso ecológico drenante, esclarece suas dúvidas e se aproxima da decisão de compra.

Reduzir o ciclo de vendas é fundamental para aumentar as oportunidades de negócios e reduzir os custos de aquisição de clientes.

3.    Fácil mensuração

Uma boa estratégia de marketing é orientada a resultados, em outras palavras, é necessário acompanhar as estratégias em tempo real para descobrir o que funciona ou não.

A empresa pode fazer muitas mudanças e otimizações, tendo como base as informações que encontra medindo seu desempenho.

Um fabricante de tachão sinalizador precisa acompanhar cada estratégia de inbound marketing, como marketing de conteúdo, SEO, presença nas redes sociais e envio de e-mail, pois os resultados vão impactar no planejamento.

4.    Alcançar o público certo

Muitas empresas querem alcançar o maior número de pessoas possível, mas isso não quer dizer que suas estratégias foram um sucesso.

O foco do inbound marketing, na verdade, é alcançar as pessoas certas, ou seja, quem realmente tem interesse e potencial para comprar os produtos e serviços.

Seu negócio não vai simplesmente atrair tráfego e se comunicar com pessoas que não têm a mínima possibilidade de comprar. Muito pelo contrário, vai falar com quem realmente tem potencial para se tornar cliente.

Em linhas gerais, o foco não é a quantidade, mas, sim, a qualidade do público, uma vez que faz uso de conteúdo altamente segmentado.

5.    Redução de custos

Um fabricante de chaveiro para carro consegue reduzir os custos de aquisição de clientes, uma métrica que mostra o quanto uma empresa precisa investir para conquistar um cliente novo.

Mas, o inbound marketing não reduz apenas essa métrica, mas também os custos com soluções tradicionais, como no caso de anúncios e estratégias de ativação de marca.

Considerações finais

Sendo assim, investir em inbound marketing é sinônimo de investir na construção da marca na internet, por meio de diferentes canais e ferramentas.

Ele acompanha as tendências e as mudanças no comportamento do consumidor moderno, melhora a imagem da companhia e atrai pessoas realmente interessadas no que a marca tem a oferecer.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.