História de Belo Horizonte: origem, curiosidades e pontos turísticos

A história de Belo Horizonte e os seus pontos turísticos fazem da capital mineira um destino encantador para se conhecer. Com uma culinária atrativa, pontos turísticos interessantes, curiosidades e muita história pra contar, a querida BH está cheia de opções para encantar os turistas.

 

E se você está pretendendo viajar de carro para BH, existem muitas atrações que você não pode deixar de fora do seu roteiro.

 

Então, se você ficou interessado em saber qual é a origem, pontos turísticos e as principais curiosidades da capital mineira, aproveite o nosso artigo. Aqui falaremos sobre tudo isso. Boa leitura!

A história de Belo Horizonte

Belo Horizonte é a capital do estado de Minas Gerais e tem uma população estimada de 2.521.564 de habitantes, de acordo com dados de 2020 do IBGE.

 

Assim, a cidade é a sexta mais populosa do Brasil. Fundada em 1701, a cidade lar dos belo-horizontinos inicialmente era chamada de Arraial Curral del Rei.

 

Antigamente, Ouro Preto era a capital de Minas Gerais, devido às explorações de ouro na região. Mas com o fim da exploração, a cidade sofreu uma queda econômica e no seu desenvolvimento urbano.

 

Por isso, o governo mineiro decidiu transferir a capital para a entãoArraial Curral del Rei,  após uma análise de fatores, como:

 

  • posição geográfica;
  • relevo mais plano;
  • clima ameno;
  • rica bacia hidrográfica.

 

 

Então, em 1893, o local ganhou status de município epassou pelo processo de expansão para abrigar a nova capital de Minas Gerais. Inicialmente se chamouCidade de Minas mas em 1901 o governo alterou o nome para Belo Horizonte.

O projeto de expansão projetou que a cidade abrigaria 100 mil habitantes até o ano de 2000. Nas primeiras duas décadas, até 1920, a cidade não cresceu, devido à crise econômica mundial.

 

Mas a partir de 1940, o crescimento da cidade foi intenso, com a industrialização no Brasil. Neste período, foi construído o Complexo Arquitetônico da Pampulha, atual ponto turístico da cidade, sendo um dos mais visitados.

 

Nos anos 50 imigrantes de outros estados começaram a chegar em BH e a população passou de 350 mil para 700 mil habitantes. Diante disso, a prefeitura elaborou o primeiro Plano Diretor da cidade, incluindo o processo de verticalização.

 

E com o passar dos anos a capital virou uma metrópole nacional, devido ao rápido crescimento da população, ocupando cidades vizinhas como Contagem, Betim, entre outras, que formam a atualRegião Metropolitana de Belo Horizonte,composta por 34 municípios.

Curiosidades de Belo Horizonte

Historicamente e culturalmente, Belo Horizonte reúne diversas curiosidades. Apesar de osmoradores afirmarem que a cidade é um “ovo”, termo popularmente usado para dizer que todos se conhecem, há muitos detalhes na cidade que poucos sabem.

 

Veja abaixo algumas curiosidades sobre a capital mineira.

Pioneira na coxinha de frango com catupiry

Nem só de pão de queijo vive a fama dos lanches em Belo Horizonte. Outra iguaria amada pelos brasileiros, a coxinha também ganhou um toque bem mineiro com o catupiry, que virou paixão nacional.

 

Nos anos 70, a aposentada Thereza Martins acrescentou o catupiry na receita de coxinha e passou a servir em sua lanchonete, na famosa Avenida Afonso Pena.

Carros que sobem de ré

A Rua do Amendoim, no bairro Mangabeiras, ficou famosa devido a um fato muito curioso. Porque ali, os carros desligados parecem subir de ré pela ladeira.

 

Mas isso é apenas uma ilusão de ótica, porque atopografia da região dá impressão que a rua, que na verdade é uma descida, seria uma subida.

Bares por todo canto

Certamente, você já ouviu que Belo Horizonte é a “capital dos bares”, certo? Essa nomenclatura ocorre devido aos milhares de bares espalhados por toda a cidade.

 

Dos botecos mais simples aos bares mais requisitados, há pontos para boêmios de todos os estilos, tocando desde o rock até o sertanejo raiz. E sempre com várias opções de bebidas.

Ponto turístico no cemitério

Visitar um cemitério sem necessariamente ir à lápide de um ente querido parece ser um programa de aspirantes a góticos. Mas em Belo Horizonte, o Cemitério do Bonfim recebe visitantes diariamente.

 

Por causa de suas esculturas e mausoléus, assinados por artistas mineiros. O cemitério também tem sepulturas de ex-presidentes, o que torna o local muito procurado por pesquisadores.

 

Outra curiosidade é que os fãs de heavy metal sempre procuram o local,porque uma das sepulturas foi capa do álbum INRI, da banca Sarcófago, um dos mais famosos do estilo entre os brasileiros.

Primeira cidade projetada no Brasil

Há quem conteste este fato, mas Belo Horizonte é considerada a primeira cidade projetada do Brasil.

 

Quando foi feito o projeto, os responsáveis acreditaram que a capital não iria crescer rapidamente, ocupando a área da Avenida do Contorno, que inicialmente era projetada para contornar toda a cidade.

Pontos turísticos de Belo Horizonte

Após explorar sobre a história de Belo Horizonte e as suas principais curiosidades, vamos apresentar quais os pontos turísticos mais visitados na cidade.

 

Mesmo que o visitante faça uma viagem de última hora e com pouco dinheiro, há muito o que fazer em Belo Horizonte! São ótimas atrações que fazem cada passeio valer a pena. Confira!

Lagoa da Pampulha

Todo visitante em Belo Horizonte faz questão de conhecer a Lagoa da Pampulha, que inclusive tem uma bela vista ao pôr do sol. Ao seu redor dá para fazer uma caminhada ou passeio de bicicleta.

 

Além disso, ela tem o Conjunto Arquitetônico da Lagoa Pampulha, projetado porOscar Niemeyer, que vale a pena contemplar. O complexo conta com:

 

  • Igrejinha de São Francisco de Assis;
  • Casa Kubitschek;
  • Casa do Baile;
  • Museu de Arte da Pampulha;
  • Parque Guanabara.

Praça da Liberdade, Parque Municipal e Mercado Central

A região central de BH oferece diversas praças e bares para visitação. Na Praça da Liberdade é possível fazer um ótimo passeio pelo Circuito Cultural, com ótimos espaços como:

 

  • Centro Cultural Banco do Brasil;
  • Memorial Minas Gerais;
  • Museu das Minas e do Metal;
  • Espaço do Conhecimento da UFMG;
  • Casa FIAT de Cultura.

 

O turista também pode conhecer as iguarias gastronômicas mineiras com o Mercado Central. A dica é visitar no horário do almoço, aproveitando os deliciosos pratos oferecidos nos restaurantes.

 

Para um contato maior com a natureza, vale a pena um passeio pelo Parque Municipal Américo Renné Giannetti. Na região, o visitante pode conhecer a Catedral Nossa Senhora da Boa Viagem, o Museu de Artes e Ofícios e o Palácio das Artes.

Mirante do Mangabeiras

Quem quer uma vista espetacular deste Belo Horizonte, deve visitar o Mirante das Mangabeiras. Para aproveitar bem, comece o passeio pela manhã, com uma das trilhas do Parque da Serra do Curral.

 

O parque tem 400 mil m² de área verde, repleto de trilhas e mirantes de onde é possível apreciar Belo Horizonte por ângulos diferentes. E o pôr do sol no mirante é outro espetáculo que dispensa apresentações!

 

Com todas essas curiosidades e atrativos, além da interessante história de Belo Horizonte, sem dúvidas o local é um ótimo destino para ser visitado. Não importa qual a época do ano.

 

Mas para aproveitar melhor as atrações e evitar o calor excessivo e as chuvas, o ideal é programar a viagem entre abril e setembro, quando o clima contribui para os roteiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *