Nenhuma organização de sucesso estaria em uma posição confortável sem um líder exponencial e uma liderança eficaz. Esses dois fatores andam em conjunto, e quase sempre formam um dos principais impulsionadores do crescimento, desenvolvimento e inovação no meio corporativo.

Tem mais, a liderança não é sobre títulos, ou mesmo os elogios. A liderança eficaz é muito mais significativa, impactante e profunda. 

Não existe uma fórmula definida ou um plano de ação passo a passo, pois depende da cultura e das necessidades de uma organização.

Do que se trata a liderança?

De uma forma direta, a liderança é o ato de liderar um grupo de pessoas, projetos ou empresas, como pode ser encontrado em qualquer dicionário. Mas não é tão simples assim.

Os líderes são essenciais para o sucesso geral de um empreendimento, seja de serviços, como empresa que faz piscina de alvenaria, ou uma marca setor varejista, e quaisquer que sejam os degraus de um organograma corporativo. 

A liderança eficaz consiste em executar a visão da empresa, ou mesmo redefini-la e melhorá-la, em determinados casos, e definir o tom e a cultura dessa organização em particular. 

Liderança pode ter um sentido mais abrangente, respondendo por ações como:

  • Garantir recursos;
  • Melhorar os processos de trabalho;
  • Planejar e executar ações;
  • Procurar e corrigir  erros;
  • Usar a criatividade.

Pode, ainda, ir além, pois um líder exponencial pode motivar as pessoas a trabalharem juntas e cooperarem consigo mesmas e, em alguns casos, com outras equipes, para atingir um objetivo determinado. 

Também é importante ressaltar que liderar é diferente de gerenciar. Embora a gestão também seja parte integrante do sucesso de uma organização, é fundamentalmente diferente de liderança. 

Os gestores gerenciam os processos de trabalho, os projetos e programas institucionais e organizacionais. Eles analisam a logística, equilibram os orçamentos e assim por diante. 

Mesmo que bons gerentes também possam ter habilidades de liderança eficazes, o que na verdade é um ponto ideal, as duas posições não necessariamente andam juntas. 

A liderança eficaz brilha não apenas quando tudo corre de vento em popa, mas também quando o cenário se mostra difícil. 

Os líderes exponenciais são respeitados e não temidos pelas pessoas. Por sua vez, os profissionais se tornam motivados a trabalhar mais e a fazer contribuições mais significativas para a melhoria da organização. 

Liderança não é trabalhar em direção a um objetivo de forma solitária. Na verdade, o líder tende a inspirar e motivar as pessoas a trabalharem juntas em direção a um objetivo. 

É basicamente impossível para uma empresa continuar a evoluir e crescer ao longo do tempo sem uma liderança eficaz. 

Especialmente durante essa nova era, em que a tecnologia digital está mudando todos os aspectos de como os negócios estão se desenvolvendo e como os clientes estão envolvidos com as marcas. 

Uma marca sem líderes eficazes e exponenciais será como um navio navegando sem um capitão orientando para onde ir. 

O que faz um bom líder exponencial?

Todo líder exponencial e eficaz precisa possuir e trabalhar em direção aos seus próprios objetivos, alinhar os negócios, estimular os colaboradores e ter visão de futuro, mas também se dedicar ao constante aperfeiçoamento.

Bons líderes são a chave para melhorar a produtividade e o moral entre os membros de uma organização. 

Então, o que faz um líder eficaz? Muitos bons líderes compartilham vários traços e atitudes, como as dicas apresentadas a seguir. 

  1. Bons líderes são decisivos

Liderança eficaz é não perder tempo. Isso inclui o tempo necessário para tomar decisões. 

Na maioria das vezes, tanto tempo pode ser desperdiçado no processo de tomada de decisão que muitas oportunidades são perdidas. A produção às vezes chega a parar. 

Bons líderes têm tudo a ver com tomar decisões com base em informações, mas também estão sempre atentos aos prazos envolvidos. E uma vez que a decisão é tomada, eles se comprometem com ela e veem tudo acontecer. 

Eles percebem que adiar decisões importantes pode ter efeitos significativos na produtividade e no crescimento de uma organização. 

  1. Líderes praticam o que pregam

A liderança eficaz, em essência, também envolve liderar pelo exemplo, É difícil respeitar alguém que pede a todos que cheguem na hora, ou trabalhe para um determinado objetivo, se essa pessoa não estiver disposta a chegar no horário ou participar do projeto no trabalho. 

Muitas vezes, bons líderes definem o padrão, e o cumprem, em vez de apenas falar com todos e delegar as tarefas sem qualquer tipo de participação ou supervisão. 

Um líder que coloca a “mão na massa” e se suja de vez em quando criará uma lealdade em toda a equipe, tendo como resultado alcançar os objetivos além do que geralmente se espera. 

  1. Eles mantém o foco no objetivo

Líderes exponenciais são solucionadores de problemas, ou pelo menos, não se debruçam sobre os problemas. 

Em vez disso, se concentram em trabalhar na administração de condomínios até encontrar uma solução adequada. 

Eles não têm a resposta para tudo, ou o tempo todo, mas com certeza estarão sempre trabalhando para obter respostas. 

Os líderes não reclamam e, em vez disso, olham e seguem em frente, sempre tendo em mente os objetivos que estabeleceram no início, enxergando um cenário mais abrangente. 

Para isso, eles priorizam e definem as tarefas que precisam ser feitas primeiro. 

  1. Se sentem apaixonados pelo que fazem

Liderança eficaz é acreditar no que se está fazendo. Bons líderes não dizem e nunca dirão que é “apenas mais um trabalho” ou “eu apenas trabalho nesse local”.

Eles se preocupam com as pessoas que lideram e com quem trabalham, por mais que o organograma corporativo seja amplo e complexo. 

  1. Bons líderes são humildes e responsáveis

Isso contribui para o aspecto da liderança que depende de gerar respeito que é conquistado, em vez de confiar na posição ou no título de alguém na organização. 

É a humildade que torna os grandes líderes de mente aberta e dispostos a ouvir os outros, e até mesmo receber críticas construtivas. 

Eles não permitem que o orgulho atrapalhe a realização de metas e a execução da própria visão para o negócio empresarial ou na instalação de uma estação de tratamento de água para atender a requisitos básicos de saúde. 

Eles também estão dispostos a assumir a responsabilidade por suas ações e não apontam o dedo para as pessoas com quem trabalham quando tudo vai por água abaixo.

  1. Direcionam o crédito a quem é devido

Muitas vezes alguém pode ouvir a história sobre o chefe que roubou uma ideia ou levou o crédito pela realização de outra pessoa. 

Bons líderes compartilham a glória e são rápidos em dar crédito a um membro da equipe ou colega por uma boa ideia, e até mesmo se  inscrevem em curso design gráfico online para se aprimorar naquilo que fazem.

Eles sabem que o sucesso se dá por meio do trabalho em equipe e respeitam a contribuição e o esforço de outras pessoas. 

  1. Ajuda as pessoas a crescerem

Grandes líderes ajudam as pessoas a escalarem o patamar do sucesso. Eles compartilham voluntariamente o que sabem e procuram oportunidades de aprendizado para as pessoas com quem trabalham, ou quem trabalha para eles. 

Eles constroem a equipe que atua na fabricação e distribuição de produtos como filme stretch e novos projetos, além de promoverem relacionamentos fortes e cooperação dentro desse conjunto de equipes. 

  1. Comunica-se de forma eficaz

Uma parte integrante da liderança é uma comunicação forte, que não se resume em apenas dizer “eu quero que isso aconteça”. 

É tudo uma questão de ouvir e realmente considerar a opinião que vem de outras pessoas da equipe. 

A comunicação adequada permite uma melhor disseminação de informações, bem com uma maior capacidade de trabalhar bem com os outros quando a situação exige. 

  1. Confiante e sem medo do desconhecido

Grandes líderes são verdadeiros visionários, que não têm medo de sair da própria zona de conforto. Eles estão dispostos a correr riscos e tentar novos meios de pensar e agir. 

Esses líderes têm tudo a ver com o escritório que desenvolve projetos de licenciamento ambiental em que trabalham, promovendo atitudes que resultam em crescimento e desenvolvimento, em vez de apenas se estabelecer em uma rotina confortável.

Eles estão dispostos a enfrentar os desafios à medida que surgem para atingir os objetivos e a visão de mundo, sempre para melhor. 

  1. Eles são confiáveis

Bons líderes nunca violam a confiança que lhes é dada, seja por pessoas em uma posição ou cargo mais elevado na escala organizacional, ou por pessoas que trabalham para e com eles. 

Essa confiabilidade os torna mais acessíveis e faz com que os outros se sintam mais à vontade para se abrir com eles e fornecer feedback ou informações honestas sobre a distribuição de vending machines que, no final, contribuem para o crescimento da organização.

Conclusão

Cada organização deve fazer o melhor para permitir uma liderança eficaz e garantir a presença de um líder exponencial. 

As organizações, em geral, devem estar abertas a fazer tudo de maneira diferente e estar cientes de como o mercado está evoluindo e como os hábitos de consumo, e os próprios clientes, estão mudando. 

Bons líderes precisam de um sistema de apoio para que possam trabalhar bem a maquina de fazer velas preço, por exemplo, maximizando o próprio potencial, e que isso se reflita na equipe que comanda. 

Parte da habilidade de um líder exponencial, afinal, inclui fornecer as ferramentas certas para ajudar a equipe a alcançar e atingir as metas e objetivos propostos e graus cada vez mais qualificados e elevados. Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.