Como funciona e quais os tipos de impermeabilização existentes no mercado

Quando falamos em obras, já pensamos logo nas dores de cabeça que queremos evitar, e você vai concordar que infiltração aparece na maioria dos casos, não é mesmo? 

Seja qual for a manifestação patológica, pode ter certeza que há falha de impermeabilização envolvida.

Pode parecer exagero, mas, muitas vezes, quando surge algum problema na obra e tentamos entender sua causa, é comum verificarmos que se tivesse sido realizada uma impermeabilização correta, todo o transtorno e dor de cabeça poderiam ter sido evitados.

Nem sempre é dado o devido valor para a real importância da impermeabilização, mas continue lendo este artigo até o final vai entender do que estamos falando.

Pessoas que trabalham na área da construção civil, notaram que muitas das manifestações patológicas que surgem em edificações acontecem por causa de uma falha na impermeabilização. 

Muitas vezes, as pessoas não acreditam que água possa fazer grandes estragos nas construções e acabam tomando atitude apenas quando acontece algo muito grave.

E na maioria das vezes, o custo de reparo é muito alto e nem sempre é possível reverter. 

Um dos pontos mais relevantes em relação a esse ramo, é que toda construtora precisa estar por dentro de tudo que está acontecendo no mercado para se manter sempre atualizado e não ficar para trás.

Por isso, sempre dizemos que o melhor a se fazer, é impermeabilizar toda a obra da maneira correta, além de realizar as manutenções periódicas. 

Por isso, não economize em impermeabilização.

Muitas empresas utilizam-se de advogados para conseguir terrenos e após isso, eles começam a construção do local com uma autorização do juiz.

O que é impermeabilização?

Podemos dizer de modo geral que a impermeabilização é um processo de aplicação de produtos específicos sobre superfícies que estão sujeitas às mudanças climáticas, especialmente à água.

O objetivo principal da impermeabilização é proteger contra a ação da água, que pode gerar inúmeras manifestações patológicas através de infiltrações, como manchas, bolores e maiores dores de cabeça.

Para que serve a impermeabilização em uma construção civil?

A construção civil inclui a execução de obras dos mais variados tipos como: casas, edifícios, pontes, barragens, estradas, aeroportos e tantos outros tipos de construções.

Para fazer uma obra, são necessárias várias etapas desde o projeto até o acabamento, e uma delas é a impermeabilização, uma etapa da construção civil muito importante e que, às vezes, é deixada de lado por ser um investimento um pouco alto, ou até mesmo desinformação dos profissionais responsáveis pela obra.

Mas, não se pode evitar o surgimento de manifestações patológicas se a impermeabilização não for feita da maneira correta.

Para você que é empresário e trabalha com construção civil, uma ótima opção para o seu negócio, é gerar credibilidade com seus clientes. E uma boa dica, é comprar curtidas instagram, pois isso faz com que a confiança pela sua empresa cresça de maneira significativa.

Quando falamos em qualidade de obra, o processo de impermeabilização tem um papel importantíssimo uma vez que se realizada da maneira adequada, a construção contará com mais durabilidade, resistência e menos dor de cabeça.

Um exemplo, se durante a obra, você realiza todos os procedimentos necessários para impermeabilizar, com certeza, as chances de surgir problemas com infiltração e umidade são muito menores.

Com toda certeza, toda construção irá se deteriorar com o passar dos anos, mas se for feito todo o processo de impermeabilização durante a execução da obra, as manutenções periódicas tornam-se mais simples, diante disso, não há dúvidas que vale a pena fazer esse investimento.

Tipos de impermeabilização disponível

  • Argamassa Polimérica Impermeabilizante

A argamassa polimérica é um material produzido a partir de cimentos especiais, aditivos e polímeros impermeabilizantes.

  • Aditivos Hidrófugos

Os aditivos hidrófugos são componentes que são incorporados na argamassa com o objetivo de torná-las impermeáveis.

  • Aditivos Cristalizantes

Aditivos cristalizantes, de maneira similar aos aditivos hidrófugos, são compostos químicos que são adicionados ao concreto com o objetivo de impermeabilização.

  • Resina Epóxi

A resina epóxi é um material bastante versátil, e pode ser utilizado de várias maneiras diferentes, por exemplo, em madeiras, o epóxi é utilizado tanto como cola, quanto também para acabamento superficial.

  • Poliureia

A membrana de poliureia é um composto químico bastante refinado, é um sistema de impermeabilização indicado para ambientes bastante agressivos.

  • Emulsão Acrílica

Este tipo de sistema de impermeabilização é classificado como flexível, podendo ser  utilizado em áreas sujeitas à movimentação térmica.

  • Manta Asfáltica

A manta asfáltica é um dos sistemas de impermeabilização flexíveis mais utilizados no país, e é indicado para os mais diversos elementos estruturais como lajes, vigas, reservatórios, piscinas, e pode ser facilmente encontrado no mercado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *