e-mail

O e-mail marketing é uma estratégia importante dentro do marketing digital e que ajuda a estabelecer uma comunicação direta entre a empresa e sua base de contatos.

Geralmente, uma boa campanha de e-mail marketing depende do uso de ferramentas de automação que realizam os disparos das mensagens.

Atualmente, é uma das principais estratégias de marketing digital, pois consegue fazer com que as organizações conversem com as pessoas de maneira direta, sem interferências e de modo a estreitar o relacionamento.

É o melhor canal para nutrir os leads, gerar vendas e obter um excelente retorno sobre os investimentos. Contudo, mesmo diante de todas as facilidades trazidas por essa ferramenta, ela ainda é desacreditada por alguns empreendedores e gestores.

Isso aconteceu porque, há muito tempo, o e-mail era usado como spam, fraudes e um tipo de abordagem intrusiva, fazendo com que muitos usuários começassem simplesmente a ignorar ou deletar e-mails enviados por empresas.

Mas assim como tantas outras ações, essa estratégia evoluiu e hoje em dia faz parte do planejamento de marketing de empresas do mundo todo. Por isso, vamos explicar o conceito de e-mail marketing e dar algumas dicas para criá-lo. Confira!

Entenda o conceito de e-mail marketing

E-mail marketing, como o próprio nome sugere, trata-se do envio de e-mails para uma lista de contatos, com a finalidade de promover uma marca, seus produtos e serviços, bem como estabelecer uma boa comunicação com os destinatários.

Os disparos costumam ser feitos por meio de uma ferramenta de automação e, há anos atrás, esse meio de comunicação era visto apenas como um tipo de carta eletrônica.

Por meio dele, um estúdio de ensaio bebê newborn pode enviar as fotografias para os clientes, agendar horários, negociar e assim por diante.

Tendo em vista as suas características, ele é considerado como um canal de comunicação direta, sem interferências de terceiros, como acontece nas redes sociais e em outras plataformas, além de ser muito mais flexível.

Mas nem sempre esse tipo de comunicação foi tão viável e vantajosa. Na verdade, o e-mail evoluiu muito porque antigamente incomodava demais os usuários, por conta de mensagens indesejadas, sem permissão e insistentes.

Uma excelente estratégia que passou a ser usada por empresas sem o mínimo de noção e até mesmo para encaminhar vírus aos destinatários.

No entanto, esse conjunto de fatores acabou prejudicando muito a reputação do e-mail marketing, por conta disso, os provedores de e-mail começaram a simplesmente bloquear mensagens suspeitas, ao mesmo tempo em que os usuários ignoravam ou deletavam.

Diante desse cenário, empresas dos mais variados tipos começaram a qualificar melhor o tipo de e-mail que enviavam para as pessoas, além de solicitarem a autorização para os envios.

Atualmente, um fabricante de adesivo jateado para vidro personalizado procura segmentar sua lista de contatos, antes de enviar as mensagens. Por conta disso, a estratégia se tornou muito mais assertiva e os conteúdos ficaram mais relevantes.

Sem falar no fato de que muitas práticas começaram a ser trabalhadas para que as mensagens também se tornassem personalizadas.

Tudo isso fez com que o e-mail voltasse às origens, ou seja, voltasse a ter a finalidade para a qual foi feito: a troca de mensagens diretas entre os usuários, de maneira humanizada.

Vantagens de investir em e-mail marketing

Investir em e-mail marketing traz muitas vantagens para os negócios, afinal, estamos falando sobre o terceiro canal mais usado pelas empresas.

Hoje em dia, ter um site institucional se tornou uma questão de sobrevivência, ao mesmo tempo em que as redes sociais ganharam um espaço elementar no planejamento de marketing, mas o e-mail continua sendo indispensável para os negócios.

Mais previsibilidade de alcance

Se você fizer uma publicação no Facebook, nem todos os seus seguidores vão visualizá-la. Isso acontece por conta do algoritmo da plataforma, que determina o tipo de publicação que os usuários devem ou não visualizar.

É justamente por essa razão que o alcance orgânico dentro das redes sociais não é garantido ou previsível. A companhia não tem o controle de quantas pessoas vão visualizar suas postagem, ao contrário do que acontece com o e-mail marketing.

Se um fabricante de brises enviar mil mensagens de e-mail, todas essas pessoas vão recebê-la, a menos que um desses endereços esteja com algum problema.

Por outro lado, se essa mesma empresa tiver 1.000 seguidores nas redes sociais e fizer uma publicação, apenas uma parte deles vai visualizá-la.

Excelente retorno financeiro

O retorno sobre os investimentos do e-mail marketing é um dos melhores, tanto é que de acordo com uma pesquisa realizada pela Litmus, o retorno chega a ser de 40%.

Isso se deve a dois fatores, sendo o baixo investimento necessário e as altas taxas de conversão. Uma empresa de limpeza de prédios pode começar uma estratégia de e-mail marketing com um investimento baixíssimo.

Tudo o que ela precisa é de um domínio, uma boa ferramenta de envio e um profissional que se responsabilize pela execução da estratégia.

Atualmente, existem várias ferramentas no mercado que podem ser utilizadas e muitas delas são gratuitas, ou seja, investimento praticamente zero.

Sem falar no fato de que a corporação consegue gerar um bom volume de receitas, visto que o e-mail é usado para nutrir os leads, aumenta as chances de fechar negócio e possibilita alcançar várias outras possibilidades.

Formato flexível

Não podemos deixar de destacar a flexibilidade do e-mail marketing, pois trata-se de uma tela em branco que a empresa preenche como quiser.

Ao contrário das redes sociais e de outras plataformas, não existem limites de caracteres e o usuário pode incluir todos os elementos que quiser, como:

  • Textos;
  • Imagens;
  • Links;
  • GIFs;
  • Emojis.

Também pode criar um layout diferenciado e compatível com as características da marca, trabalhar com elementos gráficos, inserir apenas um texto, enfim, pode usá-lo da maneira como preferir.

Só que para aproveitar todos os benefícios trazidos por esse recurso, uma empresa de lavagem de toldo de policarbonato precisa saber como criar seu e-mail marketing.

Como montar um bom e-mail marketing?

Para aproveitar todos os benefícios desse recurso, é fundamental saber montá-lo, e algumas dicas para fazer isso são:

1.    Construir a lista de e-mails

O primeiro passo, na verdade, é um conselho: nunca compre uma lista de e-mails, construa o seu. Comprar listas prontas e começar com o pé esquerdo é prejudicar todo o investimento que seu negócio fizer a partir de agora.

A essência do e-mail marketing é fazer com que o seu negócio se comunique com pessoas que querem falar com ele, e em uma lista pronta ninguém quer falar com a sua empresa.

Um fabricante de arame de cerca farpado pode investir em diferentes recursos para capturar seus contatos, como a criação de uma landing page e o uso de pop-ups.

2.    Escolher uma boa ferramenta

O segundo passo é escolher uma ferramenta de envio, e ela é muito importante porque a marca vai enviar diferentes tipos de e-mails em horários e dias diferentes, para falar com pessoas em etapas variadas dentro da jornada de compra.

Tentar fazer isso manualmente é inviável, portanto, escolha uma ferramenta que pode ser paga ou gratuita, mas o ideal é que ela seja compatível com a realidade e as necessidades da sua empresa.

3.    Definir uma estratégia de comunicação

Uma autoescola especializada em curso de direção defensiva deve definir sua estratégia de comunicação, antes de enviar qualquer e-mail.

Para defini-la, considere as características do público, as ações que pretende realizar com o e-mail, a linguagem usada pela corporação e determinar um padrão de sucesso para a prática.

Responder a todas essas perguntas é fundamental para definir qual é a estratégia de e-mail marketing da companhia.

4.    Criar um bom template

Não é só a escrita da mensagem que realmente importa dentro do corpo do e-mail, mas também a comunicação visual que a marca vai estabelecer com o seu destinatário.

Quando uma pessoa abre o e-mail, rapidamente ele identifica a empresa, como no caso de uma confecção de camiseta com estampa personalizada.

Também visualiza qual tipo de conteúdo o e-mail está trazendo, e para melhorar as taxas de clique e abertura, é fundamental criar um bom template, Para tal, existem ferramentas que ajudam nesse processo.

Considerações finais

Para encerrar esse conteúdo, é fundamental dizer que a mensagem de e-mail precisa ser analisada e testada, assim como qualquer outra estratégia de marketing digital.

Sem essa avaliação, seu negócio pode persistir em um erro ou em uma estratégia que não está trazendo os resultados necessários. Uma boa análise vai garantir os retornos esperados e o alcance dos objetivos.

Seguindo nossas dicas, sua marca vai criar uma boa campanha de e-mail marketing e aproveitar todos os benefícios que essa estratégia pode trazer.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.